0
0
0
s2smodern

A velha política e o coronelismo estão com os seus dias contatos

 
Por Luís Gustavo Giovanella
 
P
arafraseando Abelardo Barbosa, “nada se cria, tudo se copia”, assim sendo aqui na aldeia não é diferente. Recentemente a brisa e calmaria que pairavam sobre a casa a amarela sumiu e transformou-se em raios e tempestade. Começando com a denúncia de propina para vereadores concederem privilégios para construtores, uma denúncia gravíssima e que se comprovada esperamos que os vereadores envolvidos sejam punidos com a perda de seus mandatos e para os empresários a prisão, a exemplo da Odebrecht.

O que chama a tenção nesse fato é normalidade com que está sendo trato o assunto; tipo sempre fizeram assim, a velha política de sempre. Mas não pode mais ser assim. Essa velha política do jeitinho, da propina, do “te dou um terreno se aprovar” não pode mais existir. É inaceitável que ainda existam políticos que queiram agir dessa forma. Defendo o afastamento imediato dos envolvidos para não prejudicarem as investigações e se comprovada a denúncia além de perderem seus cargos, tornem-se inelegíveis e paguem multa.

Outro ponto a ser analisado é o total silencio do líder maior da casa amarela quanto ao fato. Apenas o silêncio, parece um cachorrinho acuado.  Deve estar pensando nesse momento “quem não é visto não é lembrado”. Nada, nadica de nada, mais ou menos como seu governo. A única coisa que se ouve falar a boca pequena pelos corredores é que ordenou que não aprovem nada do Vereador Gustavo Sperotto. A mesma velha política de sempre, do coronelismo. Pensem que se o vereador colocar algo importante e para o bem da população para votação no plenário a ordem é recusar tudo. Realmente é dessa forma que devemos lidar com as crises, não é?

Mas fora essa denúncia o que pouco se ouve falar é sobre a gravação onde o nobre Edíl fala da velha política praticada pelo mandatário da casa amarela, onde prometeu cargos pra tudo e todos e não cumpre, na realidade se esconde o que é mais fácil; e no caso da Secretaria dos Esportes, onde apenas dois CC’s custam ao povo cerca de R$ 500.000,00 por ano e se quer aparecem para trabalhar. Isso já deveria ter sido investigado e os dois exonerados. Mas como o “rei” fará isso se desde que assumiu sabe e compactua com isso? Basta ver o caso de outro “secretário” que raramente aparece no seu local de trabalho e dá mais importância para sua empresa, ficando praticamente toda manhã nela, e nem se dá ao trabalho que evitar postagens da mesma durante o que seria seu horário de expediente. Tudo isso com consentimento e aprovação do “rei”. É como sempre digo, aos amigos do rei tudo.
É parece que o House of Cards de Bento não é fraco não. Lembremos que o micro imita o macro... na aldeia não é diferente.

Mas ainda tenho fé minha Bento Gonçalves querida, meu desejo é teu progresso. É ver-te de fronte erguida, altiva, no tribunal do universo!

Arrow
Arrow
Shadow
Slider
pmfx.jpg
ENOTURISMO
Viajar pelo mundo do vinho, conhecer,
aprender e sobretudo experimentar!
PASSEIOS
Maria Fumaça, visita às vinícolas,
parrerais, a natureza que encanta!
GASTRONOMIA
A gastronomia típica italiana
onde a tradição une-se aos bons vinhos!
Arrow
Arrow
Shadow
Slider
anunciar.jpg