0
0
0
s2smodern

O Estado faz parte do complexo histórico da vitivinicultura hispano-americana  por ter raízes históricas situadas ora do lado espanhol, ora do lado português

 


O Rio Grande do Sul faz parte do complexo histórico da vitivinicultura hispano-americana  por ter raízes históricas situadas ora do lado espanhol, ora do lado português. Por volta de 1626 teria sido o padre jesuíta Roque Gonzáles de Santa Cruz o precursor e pioneiro da vitivinicultura rio-grandense. Ele, ao fundar a Redução Cristã de San Nicolao na margem esquerda do rio Uruguai (Região dos Sete Povos das Missões), trouxe cepas de origem espanhola. Pode-se constatar nessa época a trajetória do desenvolvimento da vitivinicultura paralela ou sobreposta aos caminhos da marcha da Igreja Católica.

Em 1737 ocorreu  a imigração dos açorianos ao litoral gaúcho, onde eles fundaram Porto Alegre e disseminaram  as vinhas portuguesas, originadas da  Ilha dos Açores e Madeira. Esse cultivo, apesar de feito através de fixação dos colonos para o povoanento na zona litorânea, não foi de grande expressão.  Essas foram as duas regiões bem distintas e as duas origens da Vitis Vinífera na história da vitivinicultura gaúcha até o ano de 1800.

 

Arrow
Arrow
Shadow
Slider
pmfx.jpg
ENOTURISMO
Viajar pelo mundo do vinho, conhecer,
aprender e sobretudo experimentar!
PASSEIOS
Maria Fumaça, visita às vinícolas,
parrerais, a natureza que encanta!
GASTRONOMIA
A gastronomia típica italiana
onde a tradição une-se aos bons vinhos!
Arrow
Arrow
Shadow
Slider
anunciar.jpg